segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Bem Viver - Prece para pedir a força de resistir a uma tentação

Olá,

PREFÁCIO. Duas origens pode ter qualquer pensamento mau: a própria imperfeição de nossa alma, ou uma funesta influência que sobre ela se exerça. Neste último caso, há sempre indício de uma fraqueza que nos sujeita a receber essa influência; há, por conseguinte, indício de uma alma imperfeita. De sorte que aquele que venha a falir não poderá invocar por escusa a influência de um

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Vida - Prece para pedir a corrigenda de um defeito

Olá,

PREFÁCIO. Os nossos maus instintos resultam da imperfeição do nosso próprio Espírito e não da nossa organização física; a não ser assim, o homem se acharia isento de toda espécie de responsabilidade. De nós depende a nossa melhoria, pois todo aquele que se acha no gozo de suas faculdades tem, com relação a todas as coisas, a liberdade de fazer ou de não fazer. Para praticar o bem, de nada mais precisa senão do querer. (Cap. XV, nº
10; cap. XIX, nº 12.)


quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Mediunidade - Prece Para os médiuns

Olá,

Nos últimos tempos, diz o Senhor, difundirei do meu Espírito sobre toda carne; vossos filhos e filhas profetizarão; vossos jovens terão visões e vossos velhos, sonhos. Nesses dias, difundirei do meu Espírito sobre os meus servidores e servidoras, e eles profetizarão. (Atos, 2:17 e 18.)¹


segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Vida - Prece para afastar os maus Espíritos

Olá,

Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas, que limpais por fora o copo e o prato e estais, por dentro, cheios de rapinas e impurezas. – Fariseus cegos, limpai primeiramente o interior do copo e do prato, a fim de que também o exterior fique limpo. – Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas, que vós assemelhais a sepulcros branqueados, que por fora parecem belos aos olhos dos homens, mas que, por dentro, estão cheios de toda espécie de podridões. – Assim, pelo exterior, pareceis justos aos olhos dos homens, mas, por dentro, estais cheios de hipocrisia e de iniqüidades. (S. MATEUS, 23:25 a 28.)


sábado, 9 de dezembro de 2017

Bem Viver - Prece nas aflições da vida

Olá,

PREFÁCIO. Podemos pedir a Deus favores terrenos e Ele no-los pode conceder, quando tenham um fim útil e sério. Mas, como a utilidade das coisas sempre a julgamos do nosso ponto de vista e como as nossas vistas se circunscrevem ao presente, nem sempre vemos o lado mau do que desejamos. Deus, que vê muito melhor do que nós e que só o nosso bem quer, pode recusar o que peçamos, como um pai nega ao filho o que lhe seja prejudicial. Se não nos é concedido o que pedimos, não devemos por isso entregar-nos ao desânimo; devemos pensar, ao contrário, que a privação do que desejamos nos é imposta como prova, ou como expiação, e que a nossa recompensa será proporcionada à resignação com que a houvermos suportado. (Cap. XXVII, nº 6; cap. II, nos 5 a 7.)

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Vida - Prece aos Anjos guardiães e aos Espíritos protetores

Olá,

PREFÁCIO. Todos temos, ligado a nós, desde o nosso nascimento, um Espírito bom, que nos tomou sob a sua proteção. Desempenha, junto de nós, a missão de um pai para com seu filho: a de nos conduzir pelo caminho do bem e do progresso, através das provações da vida. Sente-se feliz, quando correspondemos à sua solicitude; sofre, quando nos vê sucumbir. Seu nome pouco importa, pois bem pode dar-se que não tenha nome conhecido na Terra. Invocamo-lo, então, como nosso anjo guardião, nosso bom gênio. Podemos mesmo invocá-lo sob o nome de qualquer Espírito superior, que mais viva e particular simpatia nos inspire. Além do Anjo guardião, que é sempre um Espírito superior, temos Espíritos protetores

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Bem Viver - Ação de graças pela vitória alcançada sobre uma tentação

Olá,

PREFÁCIO. Aquele que resistiu a uma tentação deve-o à assistência dos bons Espíritos, a cuja voz atendeu. Cumpre-lhe agradecê-lo a Deus e ao seu anjo-de-guarda.

 Prece. – Meu Deus, agradeço-te o haveres permitido eu saísse vitorioso da luta que acabo de sustentar contra o mal. Faze que essa vitória me dê a força de resistir a novas tentações. E a ti, meu anjo guardião, agradeço a assistência com que me valeste. Possa a minha submissão aos teus conselhos granjear-me de novo a tua proteção!


segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Bem Viver - Equilíbrio e prece

Olá,

É indispensável compreender que a Inteligência encarnada
conta com múltiplos meios de preservar o corpo físico em que se
demora.
Além dos inestimáveis serviços da pele e da mucosa intestinal
que o defendem das intromissões indébitas de elementos físicos e
químicos, prontos a lhe arruinarem a estabilidade, o homem consegue
mobilizar todo um sistema de quimioterapia bacteriana,
atualmente em plena evolução para mais ampla eficiência, com a
antibiose ou atuação bacteriostática levada a efeito por determinadas
unidades microbianas sobre outras, na vanguarda dos processos
imunológicos.

domingo, 3 de dezembro de 2017

Mediunidade - Mediunidade e prece

Olá,

A mediunidade, na ordem superior da vida, esteve sempre associada
à oração, para converter-se no instrumento da obra iluminativa
do mundo.
Entre os egípcios e hindus, chineses e persas, gregos e cipriotas,
gauleses e romanos, a prece, expressando invocação ou louvor,
adoração ou meditação, é o agente refletor do Plano Celeste
sobre a alma do homem.
Orando, Moisés recolhe, no Sinai, os mandamentos que alicerçam
a justiça de todos os tempos e, igualmente em prece, seja

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Nova Era - Prece À hora de dormir

Olá,

PREFÁCIO. O sono tem por fim dar repouso ao corpo; o Espírito, porém, não precisa de repousar. Enquanto os sentidos físicos se acham entorpecidos, a alma se desprende, em parte, da matéria e entra no gozo das faculdades do Espírito.
 O sono foi dado ao homem para reparação das forças orgânicas e também para a das forças morais. Enquanto o corpo recupera os elementos que perdeu por efeito da atividade da vigília, o Espírito vai retemperar-se entre os outros Espíritos.
 Haure, no que vê, no que ouve e nos conselhos que lhe dão, idéias que, ao despertar, lhe surgem em estado de intuição.

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Nova Era - Ato de submissão e de resignação

Olá,


PREFÁCIO. Quando um motivo de aflição nos advém, se lhe procurarmos a causa, amiúde reconheceremos estar numa imprudência ou imprevidência nossa, ou, quando não, em um ato anterior. Em qualquer desses casos, só de nós mesmos nos devemos queixar. Se a causa de um infortúnio independe completamente de qualquer ação nossa, é ou uma prova para a existência atual, ou expiação de falta de uma existência anterior, caso, este último, em que, pela natureza da expiação, poderemos conhecer a natureza da falta, visto que somos sempre punidos por aquilo em que pecamos.
(O E.S.E. Cap. V, nos 4, 6 e seguintes.)

domingo, 26 de novembro de 2017

Bem Viver - NO CLIMA DA CORRIGÊNDA

Olá,

. . . Deixemo-,nos levar para o que é perfeito...
- Paulo. (Hebreus, 6:1.)

Há que prevenir-nos, não só contra o fingimento que nos impele a exibir superioridade
imaginária, como também contra aquele outro que nos induz a parecer piores do que
somos.
Efetivamente é muito difícil assinalar qual deles o mais ruinoso aos interesses do Espírito,

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Mediunidade - A melhor Doutrina

Olá,

À espera de que a unidade se faça, cada um julga ter consigo a verdade e sustenta que o verdadeiro é só o que ele sabe, ilusão que os Espíritos enganadores não se descuidam de entreter. Assim sendo, em que pode o homem imparcial e desinteressado basear-se, para formar juízo?

“Nenhuma nuvem obscurece a luz mais pura; o diamante sem mácula é o que tem mais valor; julgai, pois, os Espíritos pela pureza de seus ensinos.
 A unidade se fará do lado onde ao bem jamais se haja misturado o mal; desse lado é que os homens se ligarão, pela força mesma das coisas, porquanto considerarão que aí está a verdade.